Artboard 7_2x-8.png

Igreja Matriz de São Francisco Xavier (Praça Dom Luiz Guanella)

Localizada no topo de uma colina e em frente um espaço aberto, uma espécie de antigo terreiro, a atual Praça Dom Luís Guanella colabora na formação de uma espacialidade composta pela Igreja Matriz de São Francisco Xavier e os Pórticos de acesso ao cemitério. Sua implantação, em cota de nível elevado, seguindo uma escolha tradicional da Ordem Jesuítica para favorecer a visibilidade do território, destaca a presença da igreja.

O feitio primitivo da Igreja de São Francisco Xavier de Itaguaí faz lembrar os antigos Colégios Jesuíticos da Bahia, de Olinda, e até mesmo o pátio do Colégio em São Paulo.

 

O partido arquitetônico tradicionalmente empregado pelas ordens religiosas nos seus mosteiros e conventos era em quadra, dispondo os vários corpos da construção formando um pátio, foi parcialmente trazido  pelos jesuítas em Itaguaí quando da construção entre os anos de 1718 e 1729.

Um dos "quartos" da quadra foi ocupado com a residência e pela igreja, cujo frontispício, mantido no alinhamento do quarto contíguo, formava com este, em elevação, um plano só, correspondendo ao colégio uma linha horizontal contínua e ao corpo da igreja um frontão de empena, com a torre Sineira compondo a fachada principal do conjunto, que em sua lateral esquerda que recebia uma área para o cemitério.

Esta composição original que formava o Convento foi desfeita em 1961, quando da demolição de parte do conjunto edificado. Restando apenas a Igreja e o Cemitério.

A Matriz sofreu ao longo dos anos modificações internas, externas, mas principalmente a demolição da volumetria/corpo correspondente às residências.

As antigas construções religiosas tinham um programa simples, com locais determinados para cada função: Culto – igreja com coro e sacristia; Para o trabalho, as aulas e oficinas, para a residência, as celas, a enfermaria e dependências de serviço com horta e pomar. Muitas delas também possuíam um cemitério em uma das laterais, e este é o caso da Igreja de São Francisco Xavier.

A Igreja de São Francisco Xavier tem um programa arquitetônico simples, composto por Nave com coro e púlpito, Altar-Mor, Sacristia e Batistério, o cemitério original permanece.

Uma construção típica das edificações religiosas construídas pelos jesuítas no Brasil nos primeiros séculos. Em pedra e cal, com grossas paredes, apresenta características do colonial brasileiro de herança portuguesa.  A fachada principal apresenta porta original de folha dupla e almofadada, acima, na altura do coro, há duas janelas e coroando a fachada um frontão triangular com um óculo central encimado por uma cruz de madeira e pináculos nas laterais, na lateral direita torre com duas janelas, cúpula, 4 pináculos e dois sinos, um decorado com a Cruz Latina e outro com símbolo eucarístico. 

Na parte interna da igreja, acima da porta principal, originalmente havia um coro de madeira, à direita da entrada principal temos o batistério onde havia uma tela, guardada no Patronato S. José, representando o batismo de Nosso Senhor Jesus Cristo, assinada Pinto, em 10 de maio de 1961, a pia batismal foi retirada e encontra-se em outro local da igreja, deve ser a original e provavelmente de arenito e datada de 1688, do lado esquerdo da nave há um púlpito com decoração em relevo.  Ao final da nave há um grande arco de cantaria ladeado por altares de madeira policromada e postos em diagonal, em um deles a imagem de Nossa Senhora do Rosário em madeira ainda persiste. 

O acesso ao altar mor é feito por escada de três degraus, em pedra.  O altar mor em madeira policromada possui quatro colunas jônicas que o emolduram e um sacrário.  

No centro do altar há uma porta que permite acesso a áreas internas da igreja inclusive para uma sacada que permite acesso para um compartimento que fica debaixo do altar, local para sepultamentos, onde, entre outros, jazem o primeiro capitão mor de Itaguaí José Pires Tavares e a Condessa de Itaguaí Anna Bazilia Dias Pavão.  Do lado direito do altar mor temos a sacristia com mobiliário do início do século XX.

Endereço: Praça Dom Luís Guanela - Centro, Itaguaí - RJ, 23875-658

 

L